ARTIGO

VANTAGENS DE ALUGAR UMA SALA COMERCIAL

Data de publicação: 01.10.2020

Seja para iniciar um empreendimento ou apenas uma situação pontual, a locação de uma sala comercial ainda gera muitas dúvidas nos empresários. Mas, apesar de parecer uma missão complicada, alugar uma sala, ou escritório mobiliado para o seu negócio pode ser algo simples, basta contar com os parceiros certos. Portanto, se você tem dúvidas sobre este assunto, continue acompanhando o artigo.

Por que alugar uma sala comercial?

MAIOR SEGURANÇA: Por ser uma sala privativa, todos os processos da sua empresa estão concentrados em um lugar fechado, longe do acesso de pessoas desconhecidas.

PRIVACIDADE: Uma sala comercial entrega a privacidade necessária para receber clientes e parceiros a qualquer momento, sem incômodos sonoros ou interrupções externas. Um escritório oferece a segurança que muitos empresários necessitam na hora de falar sobre negócios e transações importantes.

PERSONALIZAÇÃO: Por ser um espaço único para a sua empresa, a sala comercial pode ser personalizada de acordo com as cores da marca, ou a preferência dos funcionários, oferecendo um ar mais acolhedor e pessoal.

AUMENTO DA PRODUTIVIDADE: Em comparação com o home office, um escritório alugado aumenta a produtividade do profissional. Já que trabalhar em casa oferece muitas distrações e exige concentração em dobro. Portanto, para entregar resultados mais efetivos para o seu negócio, invista em um espaço comercial próprio.

Confira agora algumas dicas que devem ser consideradas antes de fechar qualquer negócio imobiliário:

1. Planejamento

Principalmente se o negócio estiver em fase inicial, realizar um planejamento antes de buscar por uma sala comercial, ajuda a solucionar muitas dúvidas nesta etapa inicial da procura pelo imóvel ideal.

É importante para o empreendedor ter pleno domínio sobre seu negócio, sabendo identificar questões como: qual é o público alvo? onde eles estão? quais são os planos da empresa a curto, médio e longo prazo? qual a estrutura necessária nos próximos meses e anos? dentre outras perguntas.

Após todos esses questionamentos estarem bem definidos no planejamento do profissional, é hora de partir para as próximas etapas.

2. Orçamento

A segunda dica é estipular o valor máximo disponível para investir no aluguel da sala comercial.

É importante ressaltar que dentro desse budget determinado, é preciso incluir despesas além do valor do aluguel, como o condomínio, luz, seguro, IPTU, limpeza do espaço, eventuais obras e manutenções, etc. Ter um orçamento definido economiza tempo e otimiza a busca pelo imóvel ideal.

3. Tamanho do imóvel

A partir do orçamento disponível, é hora de considerar o tamanho da sala a ser alugada.

Neste processo, o profissional deve contar com fatores como equipamento e tamanho da equipe. Afinal, o espaço de trabalho deve possuir o tamanho adequado para abrigar todos os funcionários de maneira confortável, bem como os clientes e visitantes.

4. Localização

A próxima dica é referente à localização do imóvel. Levando em conta o budget e o tamanho mínimo necessário da sala, o profissional conseguirá ter uma noção mais clara de qual região está dentro de seu orçamento.

Contudo, além de orçamento e tamanho, é fundamental considerar o planejamento inicial que comentamos lá na primeira dica.

Questões como ramo de atuação do negócio, público alvo, e cartela de clientes, pesam na hora de definir a localização da sua empresa.

Além disso, é importante observar se a região visada possui os serviços básicos de água, luz e esgoto, e uma boa cobertura de rede.

5. Acessibilidade

A questão da acessibilidade da região deve ser considerada em conjunto com a definição do local. Afinal, de nada adianta instalar sua empresa em uma região com preços mais em conta, se a mobilidade em torno do imóvel é ruim.

Por isso, lembre-se de pesquisar por espaços com estacionamento no prédio, ou nos entornos, e presença de transporte público, como ônibus e metrô.

6. Pesquisas prévias

Procurar um imóvel residencial já exige muita pesquisa e paciência. E quando se trata de alugar um espaço para sediar um empreendimento, o processo deve ser ainda mais detalhado e cauteloso.

Por isso, ao procurar uma sala comercial, tenha em mente que será necessário realizar uma pesquisa profunda, e, para isso, a internet é a ferramenta ideal e mais eficiente.

7. Comparação

Após fazer a pesquisa, e ter algumas opções de imóveis, é hora de comparar cada um. Afinal, nunca se deve escolher somente uma opção.

Portanto, procure fazer visitas aos imóveis selecionados em horários diferentes, para avaliar como realmente é o espaço ao longo do dia.

8. Qualidade dos móveis

Caso opte por alugar um escritório mobiliado, antes de fechar negócio confira a condição e a qualidade dos móveis.

Vale ressaltar que o espaço deve ser alinhado com o ramo do seu negócio. Escritórios de advocacia, por exemplo, precisam ter uma mobília neutra e com um tom mais sério.

Os escritórios mobiliados ainda oferecem uma maior economia para o empresário durante a instalação da empresa. Já que além das despesas iniciais com o aluguel, investir em mobiliário encarecerá ainda mais o processo.

9. Estrutura do prédio

Avalie a estrutura do prédio onde o imóvel está localizado, e não apenas a sala comercial. Cheque a qualidade dos elevadores, da recepção, a segurança predial e outros aspectos que considerar importante.

Tenha em mente que prédios mais novos são mais tecnológicos, portanto, costumam ter um aluguel mais caro do que construções mais antigas.

10. Custo-benefício

É importante para o profissional avaliar o custo benefício do investimento. A sala irá agregar valor para a sua empresa? Qual será a contribuição que o espaço poderá trazer para o sucesso do empreendimento? A localização é favorável para o recebimento de clientes?

Todos estes questionamentos ajudam o empresário a mensurar o custo-benefício do espaço, contribuindo para uma decisão final mais assertiva.

Fonte: https://bit.ly/3n60uEI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *