ARTIGO

Unhas em gel provocam fungos mito ou verdade?

Data de publicação: 26.11.2018

As unhas em gel caíram no gosto do público feminino, desde então a procura por essa técnica só aumenta. Mas será que ela não gera nenhuma agressão às unhas? Será verdade que elas podem provocar fungos? Para esclarecer as verdades e os mitos dessa técnica, montamos esse conteúdo para você.

Do que são feitas as unhas em gel?
As unhas em gel são feitas a partir da aplicação de um gel específico sobre a unha natural. Ele pode auxiliar na construção da extensão da unha ou mantê-la do tamanho normal.
Geralmente as mulheres que possuem unhas quebradiças ou mania de roê-las,  aderem a técnica para garantir uma boa aparência.

Qual o período da duração da unha em gel?
A duração da aplicação do gel na unha pode ser de até dois meses, mas para  garantir essa durabilidade, é necessário tomar os cuidados indicados pelos profissionais que fizerem a aplicação.

Manutenção
A manutenção das unhas em gel deve ser realizada a cada 15 ou 20 dias.

Cuidados ao retirar as unhas em gel
A retirada das unhas em gel deve ser realizada por um profissional, pois para retirá-las é preciso lixar todo o gel e durante o processo a unha natural não pode ser atingida. Caso isso aconteça, pode causar o enfraquecimento da unha.
É normal que fiquem alguns resquícios do gel nas unhas, mas não é motivo para preocupação, ele sairá na medida que elas forem crescendo.

Mas afinal, unhas em gel provocam fungos?
Algumas pessoas tem receio de colocar as unhas em gel, por medo do aparecimento de fungos. Mas é preciso esclarecer que os fungos só aparecem caso a aplicação seja feita com gel de baixa qualidade e se durante a aplicação sobrar espaço entre a unha natural e o produto.

Concluindo
A escolha de um  bom profissional para fazer a aplicação das unhas em gel faz toda diferença, por isso temos uma ótima indicação para você, em nossa galeria você encontrará o Estúdio Le Vernis, que oferece o serviço  e conta com profissionais e materiais de qualidade.        

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *